13 fevereiro 2010

Open your eyes (Snow Patrol)



Tudo isto parece estranho e irreal
E eu não quero perder um só momento sem você
Meus ossos doem, minha pele está fria
E eu estou ficando tão cansado e tão velho

A raiva me corroe por dentro
E eu não vou sentir os pedaços e os cortes
Eu quero tanto abrir seus olhos
Por que eu preciso que você olhe nos meus

Me diga que você abrirá seus olhos

Levante, vá embora, saia de perto desses mentirosos
Porque eles não pegam sua alma ou seu fogo
pegue minha mão, entrelace seus dedos entre os meus
E nós sairemos deste quarto escuro pela última vez

Cada minuto a partir deste agora
Podemos fazer o que gostamos em qualquer lugar
Eu quero tanto abrir seus olhos
Porque eu preciso que você olhe nos meus

Me diga que você abrirá seus olhos

Tudo isto parece estranho e irreal
E eu não vou perder um só momento sem você.


(Via Erika).

Sonhos.

10 fevereiro 2010

Que 'cazzo'!!

Depois ainda dizem que arruda dá sorte. To com 'um' na orelha há meses e não mudou nada ainda!

Olha só:

"Viver a Vida" é um curral cheio de vacas e chifres.

O filho corneia o pai que corneia a esposa que corneia o marido.

O marido corneia a esposa com a prima dela que corneia o namorado que a corneia na malhação, e a esposa corneia o marido apesar do elevador enquiçado.

Aquela que corneia a 'amiga' dentro da própria casa da 'amiga' está por um fio de ser corneada pela priminha lá em Búzios.

A única que se salva é a Luciana, por motivos óbvios.
Jájá um irmão corneará o outro já que também está sendo corneado pela pé-de-cana. preparem-se.

(Não parece novela?)


(Assim viro fanzão do BBB10 - e que desperdício a Angélica, gente!)


Câmbio, desligo dinovo.


QRU...QRU!