04 setembro 2009

çeção Betão.

Amo a política. Odeio quem dela se serve em benefício próprio.


Ah! Num guentei, 'madeooo.

Coco por cocô, tá valendo então!

Tô raspadinho agora, mas já tive, um dia...e não fiz que ia e acabei fondo.

Bin Laden brasileiro, rrrssssth...!

(eu mi ri bragarái)


Clicando nas fotos você irá pro autor.

Direção sob...

...o efeito de 10 tipos de drogas (hilário, pra não dizer trágico)

video


Por email da Maristela.

03 setembro 2009

Vida em círculos?


Como vai você ?
Eu preciso saber da sua vida
Peça a alguém pra me contar sobre o seu dia
Anoiteceu e eu preciso só saber

Como vai você ?
Que já modificou a minha vida
Razão de minha paz já esquecida
Nem sei se gosto mais de mim ou de você

Vem, que a sede de te amar me faz melhor
Eu quero amanhecer ao seu redor
Preciso tanto me fazer feliz

Vem, que o tempo pode afastar nós dois
Não deixe tanta vida pra depois
Eu só preciso saber
Como vai você

Como vai você ?
Que já modificou a minha vida
Razão da minha paz já esquecida
Nem sei se gosto mais de mim ou de você

Vem, que a sede de te amar me faz melhor
Eu quero amanhecer ao seu redor
Preciso tanto me fazer feliz

Vem, que o tempo pode afastar nós dois
Não deixe tanta vida pra depois
Eu só preciso saber

Como vai você(?)

Tudo termina bem se houver sorriso.

Image Hosted by ImageShack.us


picture by vidafodona.

02 setembro 2009

Nessa eu estive.

Comecei meu insight espiritual antes de entende-lo como tal. Ouvi, não, devorei Beatles, a principio sem sacar patavina do que cantavam. Fui, é claro, buscando aos poucos saber o que 'diziam' e me decepcionava com algumas traduções, aquilo de 'ela te ama' ou 'eu te amo' era importante pra época, mas muito vazio pra quem tava envolvido com "coisas mais importantes", como ******, ******, sexo e róquenrrol. Outras bandas (naquele tempo diziamos 'conjunto') apareceram no rastro e ouvi muita coisa espiritual, que me levavam à lugares estranhos, que eu não entendia ainda. Mas, finalmente, meu guru, Lennon, disse numa canção,

"Não há nada que você possa fazer que não pode ser feito
Nada que você possa cantar que não possa ser cantado
Nada se pode dizer, mas você pode aprender a jogar o jogo.
É fácil

...Tudo o que você precisa é de amor (...)

(...)Amor é tudo o que você precisa..."


então eu senti que havia algo mais importante que aquilo que eu entendia como *hu hu* e modifiquei o meu modo de vida, complementado, preenchido e regado com
The Hollies em "He isn't heavy, he is my brother..."

A história:
"The Hollies (1969)
Quantas vezes nós, provavelmente, já ouvimos essa bela canção. Mas, como eu, você também, suponho, desconhecia a circunstância que a inspirou...Aí está... Tanto quanto a mim, espero que lhe seja do agrado. Para quem ainda não se sente desprendido o suficiente para agir como sugere a letra da música, vai um consolo: "Se você se emocionar, sentindo essa emoção dentro do seu coração, alegre-se: A semente já está plantada, e a terra é fértil!" Para os saudosistas, amantes da boa música... Essa é uma música da nossa época de juventude, mas sempre será atual, visto que nada mudou!!!!
Há que se pensar! É sobre a entidade "Missão dos Orfãos", em Washington, DC.
Foi lá que ficou eternizada a música "He isn't heavy, he is my brother" dos "The Hollies". (você pode não estar lembrando a música, mas depois de ouvir, se lembrará do grande sucesso!)
A história conta que certa noite, em uma forte nevasca, na sede da entidade, um padre plantonista ouviu alguém bater na porta. Ao abri-la ele se deparou com um menino coberto de neve, com poucas roupas, trazendo em suas costas, um outro menino mais novo. A fome estampada em seu rosto, o frio e a miséria dos dois comoveram o padre. O sacerdote mandou-os entrar e exclamou:
- "Ele deve ser muito pesado".
Ao que o que carregava disse:
- "Ele não pesa, ele é meu irmão". (He isn't heavy, he is my brother)
Não eram irmãos de sangue realmente. Eram irmãos da rua.
O autor da música soube do caso e se inspirou para compô-la. E da frase fez o refrão. Esses dois meninos foram adotados pela instituição. É algo inspirador nestes dias de falta de solidariedade, violência e egoismo."
(By Armando)

Se você quer entender, ouça:

video



Obrigado amigo Armando, pela lembrança agradável.

01 setembro 2009

Eu estava lá? Será?

Né?

Um prefeito queria construir uma ponte e chamou três empreiteiros:

- Faço por US$ 3 milhões - disse o japonês:
- Um pela mão-de-obra.
- Um pelo material.
- E um para meu lucro.

- Faço por US$ 6 milhões - propôs o americano:
- Dois pela mão-de-obra.
- Dois pelo material.
- E dois para mim... mas o serviço é de primeira!

- Faço por US$ 9 milhões - disse o brasileiro.
- Nove paus? Espantou-se o prefeito. Demais! Por quê?
- Três para mim.
- Três para você.
- E três para o japonês fazer a obra.
- Negócio fechado! Respondeu o prefeito.



SALVE, SALVE CAMPEÃO!