23 junho 2009

Quem lembra?




Ontem, eu sabia como brincar
Pensava que conhecia o jeito
A vida era importante pra mim
E agora, ai está você
Por agora minhas brincadeiras são tolas
Agora finalmente encontrei
Exatamente o que faz esse velho mundo girar

O amor é tudo, tenho que aceitar
O amor é tudo, enquanto eu viver
Então aceite tudo, estarei sempre aqui
Quando você chamar meu nome
Eu sei, agora
O amor é tudo

Toda noite, eu te abraço longa e fortemente
Até o amanhecer
E vejo o brilho do sol em seus olhos
Ama-me agora
Nós seguiremos de algum jeito
Não quer segurar minha mão?
E juntos pra sempre ficarmos?

O amor é tudo, tenho que aceitar
O amor é tudo, enquanto eu viver
Então aceite-o todo, estarei sempre aqui
Quando você chamar meu nome,
Eu sei, agora

O amor é tudo...

(Malcom Roberts)

2 comentários:

Clau disse...

Voltei... o transito estava mesmo insuportável! kkkkkkkkkkkkkkkk

Beijo grande

DILERMArtins disse...

Mas bah, parente.

Muito legal!
Bons tempos aqueles! rsrsrsrs