22 maio 2009

Histórias da noite paulista.


Mais uma da série "acredite se quiser": um famoso jogador de futebol, distraído, perde a concentração e vê seu carro atingir o da frente. Nada grave. Apenas danos materiais.

Não querendo despertar muito barulho, ele até ameaça ir embora, mas a moça, proprietária do outro automóvel, chama atenção para os estragos provocados no para-choque e lataria. Alega que será necessário acionar a seguradora.

Eis, então, que o nosso atleta saca o talão de cheques, e pergunta se aquele valor era suficiente para cobrir os prejuízos. Surpresa, ela diz que sim e ele, rapidamente, tira o time de campo.

O episódio aconteceu há cerca de duas semanas. E o protagonista desta história é o Fenômeno Ronaldo, que deu cheque de R$ 60 mil para cobrir as despesas, quase duas vezes o valor do veículo acidentado.


Da coluna do Flávio Ricco.

2 comentários:

Clau disse...

Pena que não fui eu...

escalafobetico disse...

Pois é, bate na minha bunda Ronaldoooo. Ahahaha
Abração queridão