28 janeiro 2009

Lápides.

Em tempos como esse, de crise financeira e mortes em igrejas, guerras, trânsito, balas perdidas e etc, nada como já começar a pensar no que escrever na lápide tumular, com muito humor, claro, já que a coisa tá feia mesmo (Eu não, medonho do jeito que sou quero ser cremado, com muito creme, já que preciso, de alguma forma, ficar gostoso enfim, pô!).

Image Hosted by ImageShack.us


Por email, da Maristela.

4 comentários:

Carla disse...

Pois concordo com você: a gente tem que ser muito bem humorado(a) pra encarar as coisas que vêm por aí, hehehe!
Adorei.
Bjo.

janaina de almeida disse...

Melhor levar na esportiva o inevitável,Lula.
Mas tenho convicção de que quero ser cremada, tenho até locais para jogar as cinzas.
Um abraço.

escalafobetico disse...

Ahahahahahan to rolando de rir, lindão.....

Ô, vamos tomar uma breja daqui uns 2 finais de semana?

DILERMArtins disse...

E ai, parente,
No meu vou mandar colocar: Fui, mas não por vontade própria!