25 novembro 2008

Reflexões de uma vida.

A Luci e a Maristela vira e mexe colocam algo lá que nos leva de volta à um passado recentíssimo que alicerçou nossas vidas e nos mostra que ela (a vida) é presente para os que não abrem mão de um ótimo presente. Nunca uma história colocada numa música de 'hoje de manhã' contou algo de 'agora de tarde' tão claramente.
Pelo menos pra mim.




A mudança da luz do sol para a luz do luar
São reflexões da minha vida
E como enchem meus olhos...
A agitação das pessoas em apuros
São reflexões da minha vida
E como enchem meus olhos...

Todo o meu sofrimento, triste amanhã
Levem-me de volta para o meu próprio lar
Todo meu pranto, sinto que estou morrendo, morrendo
Levem-me de volta para o meu próprio lar

Estou mudando
Arranjando
Estou mudando
Mudando todas as coisas
Tudo ao meu redor
O mundo é um lugar ruim
Um lugar ruim, um lugar terrível para se viver
Mas eu não quero morrer

Todo o meu sofrimento, triste amanhã
Levem-me de volta para o meu próprio lar
Todo meu pranto, sinto que estou morrendo, morrendo
Levem-me de volta para o meu próprio lar