25 julho 2008

Notícias importantes pelo mundão afora.

'Rei da Flatulência' faz show em festival tradicional.

Oldfield (de uniforme) se apresenta ao lado do ator Martin Kelmer. Ele interpreta O Danúbio Azul, Parabéns para Você e é capaz até de arremessar dardos em alvos distantes - tudo isso com o poder de seus flatos.

O britânico Paul Oldfield, mais conhecido por seu personagem e alter ego, Mr. Methane (Sr. Metano), é um performer cuja arte é centrada no dom de realizar feitos notáveis a partir de seus traques.

Oldfield - que além da Grã-Bretanha, já se exibiu no Japão, Austrália, Turquia e Suécia, está se preparando para levar a sua arte para um novo palco, o tradicional festival de teatro e variedades Fringe, onde exibirá o espetáculo An Audience with Mr. Methane. Mais...



(Enquanto isso, mais para o sul da Inglaterra...)

Clube inglês censura sócio idoso por flatulências.

Maurice Fox diz que ficou surpreso com a correspondência.
Um clube na região de Devon, sul da Inglaterra, proibiu um dos seus freqüentadores assíduos, um homem de 77 anos, de emitir flatulências enquanto estiver dentro do estabelecimento.

O clube Kirkham Street Sports and Social Club, enviou uma carta a Maurice Fox, pedindo que ele saia do estabelecimento quando tiver crises de flatulência.

“Depois de várias reclamações sobre suas contínuas flatulências, pedimos que entenda que suas ações são consideradas desagradáveis para outros freqüentadores do clube”, afirma a carta. “Por favor, saia do clube quando necessário”. Mais...


(Além disso, lá pras bundas, digo, bandas dos EEUU(i)...

Flatulência provoca pouso forçado nos EUA.

Depois de interrogatório, passageira foi liberada.
Um avião da American Airlines fez um pouso de emergência em Nashville depois que passageiros alertaram a tripulação sobre um cheiro de enxofre e palitos de fósforo queimados na aeronave.

Os fósforos foram encontrados no assento de uma mulher que tinha tentado disfarçar o odor de flatulência acendendo os fósforos, informaram as autoridades do aeroporto.

Todos os 99 passageiros e a tripulação tiveram de desembarcar enquanto o avião era revistado.

A mulher foi interrogada pelo FBI, a polícia federal americana, e depois foi liberada sem ser indiciada para embarcar em um outro vôo da companhia. Mais...


(Depois reclamamos do 'buraco'(sic) na camada de ozônio, né?)

23 julho 2008

Ele! De Novo! Sempre! Pra sempre!

A infância do cantor e compositor John Lennon será levada às telas de cinema com ajuda da agência britânica de desenvolvimento da indústria cinematográfica, UK Film Council.
Nowhere Boy, como o projeto é intitulado em inglês, é baseado no livro Imagine This: Growing Up With My Brother John Lennon, escrito pela meia-irmã do ex-Beatle Julia Baird.

O filme está sendo escrito pelo roteirista Matt Greenhalgh, vencedor de um prêmio Bafta – o Oscar do cinema britânico – por Controle, A História de Ian Curtis (2007).

Segundo o comunicado passado à imprensa pelo UK Film Council, Lennon foi criado por sua tia sem se dar conta de que a verdadeira mãe vivia perto de sua casa.

Quando eles se reencontram, ela o apresenta ao mundo do rock ‘n’ roll. Enquanto isso, disputas entre a mãe biológica e a tia geram "esperança e dor" em Lennon, afirma o material do UK Film Council.

A obra receberá 35,5 mil libras (cerca de R$ 110 mil) de recursos da agência. Outros seis filmes receberão verbas.

Em meados de 1957, Lennon encontrou Paul McCartney e, juntos, os dois se tornaram líderes dos Beatles e parceiros em grande parte das músicas do quarteto de Liverpool.

Via BBCBrasil.

20 julho 2008

Dia do amigo.


Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudades, mas não estará só.
(Amir Klink).

Eu aprendi que não importa quanta seriedade a vida exija de você, cada um de nós precisa de um amigo brincalhão para se divertir junto.
(William Shakespeare).

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir. Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso. E com confiança no que diz.
(Carlos Drummond de Andrade).

O uísque é o melhor amigo do homem. É o cachorro engarrafado.
(Vinícius de Moraes).

Amigo é aquele que sabe tudo a seu respeito e, mesmo assim, ainda gosta de você.
(Kim Hubbard).

Ele transa bem? Leva você para comer bons queijos e beber bons vinhos? É seu amigo? Então fica com ele. É o máximo que você vai conseguir de um homem.
(Marília Gabi Gabriela).

Yoga o escambau...

...tá na minha hora...



Recebido por email da Maçã. (Lembra?)

Recordando.



Há lugares que eu me lembro
por toda a minha vida, embora alguns tenham mudado
Alguns para sempre, e não para melhor
Alguns se foram e outros permanecem

Todos esses lugares tiveram seus momentos
Com amores e amigos, dos quais ainda posso me lembrar
Alguns estão mortos e outros estão vivendo
Em minha vida, já amei todos eles

Mas de todos esses amigos e amores
Não há ninguém que se compare a você
E essas memórias perdem o sentido
Quando eu penso em amor como uma coisa nova

Embora eu saiba que eu nunca vou perder o afeto
por pessoas e coisas que vieram antes,
Eu sei que com freqüência eu vou parar e pensar nelas
Em minha vida, eu te amo mais

Embora eu saiba que eu nunca vou perder o afeto
por pessoas e coisas que vieram antes,
Eu sei que com freqüência eu vou parar e pensar nelas
Em minha vida, eu amo mais a você
Em minha vida...
Eu te amo mais

Me explica aí, na moral...

(Este diálogo me sugere a situação lá pras bandas do Rio de Janeiro. A não ser que um pobre paulistano desavisado tenha chegado por lá).

- Aí, tu ta me olhando?

- O que?

- Perguntei se tu tá me olhando!

- Bom...tô.

- Por causa de que, parceiro?

- Porque você me virou e me perguntou se eu estava te olhando e nessa hora eu acabei te olhando...

- Quer dizer que tu não ta me olhando...

- Não estava...

- Eu perguntei "estava"?! Qual foi?

- Não.

- Não o que?

- Você não me perguntou "estava".

- Eu te perguntei "qual foi"!! Tu é surdo? Qual foi?

- Não sou surdo.

- Não perguntei se tu é surdo, perguntei "qual foi"!

- Olha...

- Cala a boca, quem olha aqui sou eu!

- Tudo bem.

- Como tudo bem? Se eu tô te olhando parceiro, é pra tá tudo ruim, tá ligado?

- Certo.

- Ta ligado ou não tá?

- Tô sim, irmão.

- Ae...nasci da tua mãe?

- Não.

- Sô filho do teu pai?

- Não.

- Tu é da merma cor que eu?

- Não.

- Então comé que tu me chama de irmão, irmão?

- Você acabou de falar irmão.

- Já falei pra tu não me chamar de irmão, irmão.

- Mas você falou...

- Cala a boca! Quem fala aqui sou eu! Tá ligado?

- Eu sei...

- Tá ligado?!

- Tô! Tô ligado!!!

- Tá crescendo a voz pra mim, parceiro?

- Não...

- Ah não?!?

- Tava...

- Ahh tava?!

- Desculpa, mas é que eu tô nervoso...

- Por causa de que?!

- Por sua causa...me desculpa...

- Ahhh...ficou nervoso de olhar pra mim né? Tava boladão?

- É...

- Fica assim não fiel...aqui nós é tudo irmão...

- Ta bom...

- Mas fica ligado!

- Valeu, parceiro.

- Quem tem parceiro é viado, fera...

- É que...

- Cala a boca!


Copiei do Emílio Dantas.