17 novembro 2008

Curriculum Vitae - Próximo presidente da República.

Image Hosted by ImageShack.us

Quero deixar claro à todos que fui militar (Polícia do Exército, em Brasília-DF) e sei como eram tratados os presos políticos durante a ditadura militar na época. Mais a mais, uma mulher com um curriculum poderoso desse, sem dúvida alguma terá meu voto para o que quiser se candidatar. Sempre tive tendência de esquerda (démodé, né? démodé também é), mas moderado, após esta época fiquei mais firme em minhas convicções. Gostava da Dilma, agora amo de paixão. (Pra você que ficou revoltado e assustado com tantas 'coisas horríveis', vai por mim, é óbvio que ela não fez nem metade disso tudo aí. Santo virava demônio e vice-versa, ao gosto do phoder).


CV enviado via email pela queridíssima Maristela

8 comentários:

Carla disse...

A gente bem sabe das atrocidades1ue aconteceram na época da ditadura e não fico surpresa com uma coisa dessa, sabe?
Um pitaco: pra comentar ficou ruim, sca? O campo tá estreito demais, credo!
Bjo e otima semana.

Lana disse...

pra Brasil, quanto pior melhor, não é assim?

eu bem votei na Helô Helê e acho, sinceramente e sem nenhum feminismo, que só uma mulher pode dar jeito nessa colônia.

beijoooooooomeliga!

:)

Re_Ventania disse...

Prefiro nem comentar suas observações, apenas fico triste em ver que pessoas que lutaram por um Brasil melhor estejam tão descaracterizadas, tenham perdido a ética que eu julgava ter.

Beijos

Lula disse...

Sabe Rê! Houve uma época em que alguns poucos lutaram por um país melhor, aqui. Eram sonhos tidos de ambos os lados. Infelizmente alguns daqueles poucos nos provaram que lutaram por um país melhor 'pra eles', egoísticamente. E se analisarmos friamente, veremos que nós, de certa forma, também.

Se eu tivesse sofrido metade do que a Dilma e outros sofreram, nos ditos 'porões da ditadura', eu também desejaria primeiramente atingir o poder um dia e depois de atingido me preocupar um pouco comigo mesmo.

Um atenuante: Não foi este governo que criou a corrupção, foi "àquele", e nós estávamos lá, sem poder abrir a boca, como gado. Outros tiveram coragem e...ei-los.

Sounds of Silence disse...

Não voto na Dilma pela mesma razão que não votei no Lula (aquele) em nenhuma das duas eleições, e quase pela mesma razão que não votei no Gabeira nesta eleição de agora aqui no Rio: eu não confio na 'esquerda radical' no Brasil. Nunca confiei. Da mesma forma em que não confio na direita radical.

Osc@r Luiz disse...

Ao que parece, enquadra como "Formação de Quadrilha"...
Mas não é São João, aliás, já é quase Natal...
Vai ver é por isso que os Senhores abaixo envelheceram tanto.
Forte abraço!

Sounds of Silence disse...

Tô pensando em voltar com o blog... rsrs

Vamos ver se é verdade... não leve pro lado pessoal:
VIADO

Gilson disse...

Teu blog é bonzinho...mas como vc..vai Dilmar a pior...