06 dezembro 2007

Hilário.

CONSELHOS DE UMA SEXÓLOGA.
01 - Tenho 20 anos e não transei ainda porque gostaria que a 1ª vez fosse com um namorado fixo. O que você acha?
R: Minha 1ª vez também foi com um namorado fixo. Eu o amarrei na cama.

02 - O que fazer para surpreender um namorado tímido na primeira noite?
R: Apareça com um amante.

03 - Tenho um amigo que quer fazer sexo comigo, mas ele tem um pênis de 24cm. Acho que vai ser doloroso, o que faço?
R: Manda pra cá que eu testo pra você.

04 - Como faço para seduzir o rapaz que eu amo?
R: Tire a roupa! Se ele não te agarrar, cai fora que é gay.

05 - Terminei com meu ex porque ele é muito galinha e agora estou com outro. Mas ainda gosto do ex e às vezes ainda fico com ele! O que devo fazer?
R: Quem é mesmo galinha nesta história?

06 - Quero saber como enlouquecer meu namorado só nas preliminares.
R: Diga no ouvidinho dele: "minha menstruação está atrasada..."

07 - Como usar a criatividade em uma transa no banheiro?
R: Já usou desentupidor de pia?

08 - Saí com um gatinho e foi ótimo. Só que agora fico com o maior medo de ligar para ele. Será que devo?
R: Depende. O gatinho sabe cagar na caixa de areia?

09 - Sou feia, pobre e chata. O que devo fazer para alguém gostar de mim?
R: Ficar bonita, rica e ser legal. Obviamente.

10 - O cara com quem estou saindo é muito legal, mas está dando sinais de ser alcoólatra. O que eu faço?
R: Não deixe ele dirigir.

11 - Por que, na hora do sexo, quando a gente está no vai e vem, na hora em que o corpo entra em atrito e faz aquele barulho de quem está batendo palmas, a gente fica mais excitado?
R: É porque parece que tem torcida, tá ligado? Da próxima vez grite pra galera.

12 - Apesar do meu tamanho, eu tenho apenas 13 anos de idade e não tenho uma cara propriamente linda. O que fazer para conseguir comer umas gatas.
R: Nesta idade você tem que comer Sucrilhos, entende?

13 - Tenho 28 anos e sou virgem, não agüento mais esta situação. Como mudá-la o mais rápido possível?
R: Está em Porto Alegre? Vai na Voluntários da Pátria (rua de prostitutas) e leve uns 30 reais. Caso contrário trate de virar líder da LOC ou do MST.

14 - Sou virgem e rolou, pela primeira vez de fazer sexo oral. Terminei engolindo o negócio e quero saber se corro o risco de ficar grávida. Estou desesperada!
R: Claro que corre o risco de ficar grávida. E a criança vai sair pelo seu ouvido.

15 - A primeira vez dói? Tenho 21 anos e ainda não transei porque tenho medo de doer e não agüentar.
R: Dói tanto que você vai ficar em coma e NUNCA mais vai levantar. Vê se deixa de ser fresca, e dá de uma vez, ô Cinderela!!!

16- Posso tomar anticoncepcional com diarréia?
R: Eu tomo com água, mas a opção é sua. Espero que use copo descartável.



Li no Ronald.

Eu também faço parte da Tropa, agora.

Ela me ofereceu este selo dizendo que meu blééérg, digo, blog é de elite. Considerando-se que ela é enormemente suspeita pois provavelmente me ama de paixão, finjo que acredito e aceito, já que presentes não se recusam.

Dai, parafraseando o digníssimo capitão, eu digo: 01, eu também te amo e aceito o maravilhoso presente, prometendo dar continuidade na brincadeira.

Regras:
  1. Postar um comentário sobre a indicação, de para quem, no blog do criador, ou seja, no Putsgrilo.
  2. Mencionar 5 blogs que você considera de Elite.

Os meeeeeeus...são:

(todos aí do lado)

Brincadeira. Já que tem que ser, que seja:

Maristela. Me faz recordar, com alegria.
Rachel. Seu amor pelos seus me cativa.
Daniele. É advogada, mas é gente ótima. Como poucos, ela, realmente, quer fazer justiça.
Ronald. Sempre preocupado com tudo e todos, com opiniões marcantes.
JR. Minha visita diária obrigatória. Quero sempre saber "quem ele vai malhar hoje".


Concordo.

Os "MACHOS" revidam...Impotência?

Marco Antonio M. Carvalho (*)

"Segundo Alvin Toffler, pesquisador, o nosso mundo passou por três ondas de mudanças.

A primeira: A da Agricultura, onde por mais de 6.000 anos a mulher ficou presa ao seu lar promovendo a alimentação dos filhos - através das plantações próximas a sua casa - e também a educação, enquanto os homens seguiam para as infindáveis batalhas, conquistas etc.
A segunda, foi a era da Industrialização (século XVII), época em que as mulheres começaram a sair às ruas e, junto às empresas, ocuparem os espaços que anteriormente só os homens detinham. Isto incomodou bastante; tanto, que um movimento realizado por elas, para reivindicar seus direitos, foi reprimido brutalmente em um fatídico dia 8 de março, que se tornou o "Dia Internacional da Luta da Mulher pelos seus Direitos".

A terceira, a da Informática; o sexo feminino ampliou a sua luta, ascendendo financeiramente e socialmente, se mantendo na maioria das vezes numa postura independente, promovendo assim uma liberdade que foi julgada por alguns, contundente. Isto, para a maioria dos homens inseguros, geralmente promove a inveja, o ciúme, o incômodo. Nos crimes passionais, onde quase sempre a mulher é a vítima, podemos perceber estes sentimentos.

Foram, os "machos", erroneamente educados para "vencer" sempre e, ao perceber que estão "perdendo", se tornam, na maioria das vezes, impotentes em todos os sentidos (até mesmo sexualmente), daí a agressão. Principalmente, quando são abandonados.

Não adiantam leis mais severas. A educação é que nos falta, desde a infância, seja em casa principalmente, nas escolas e demais instituições.

A nova ordem é mostrar a todos a igualdade de direitos. Um não à discriminação, um sim ao AMOR. Pois a quarta onda de mudanças, segundo o Congresso Mundial de Recursos Humanos, realizado em Washington, concluiu que estamos necessitados de vivenciar a era do AMOR e da Espiritualidade."



(*) Médico, sexólogo e terapeuta de comportamentos.


Li hoje, aqui.

05 dezembro 2007

Ministérios preocupaaaados, temos nós, né?

Visitando a Daniele, vi que ela, advogada que é, contestou veementemente uma reportagem divulgada pelo UOL sobre entrevista no "Programa do Jô". Curioso fui conferir e to aqui, concordando ipsis litteris com ela.





O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro informou nesta segunda-feira que investiga o "Programa do Jô", exibido depois do "Jornal da Globo" pela TV Globo, por suposta manifestação de preconceito.

Segundo a procuradoria, houve denúncias sobre uma entrevista que abordava a questão de mulheres e fala sobre o clitóris em um país da África e que comentários do apresentador podem ter manifestado preconceito em relação a hábitos e costumes culturais daquele continente.

As entidades que levaram a denúncia ao MPF acusam o programa de desrespeito a comunidades negras.

A representação está sob os cuidados da procuradora dos direitos do cidadão Márcia Morgado.

O programa foi ao ar no dia 18 de junho de 2007, e trecho da entrevista está no
YouTube (acima) .

No programa, Jô Soares e o entrevistado Ruy Morais falam sobre costumes de algumas tribos de Angola, com o auxílio de fotos. Eles também comentam sobre penteados tradicionais e vida sexual e compararam alguns com a vagina. O apresentador tece comentários sobre a aparência das mulheres retratadas nas fotos.

A procuradoria não informou qual trecho da entrevista especificamente os denunciantes tomaram como ofensivo.

A assessoria de imprensa do programa informou que não recebeu nenhuma notificação sobre o procedimento do MPF.

03 dezembro 2007

Ás vezes, acontece.

Um dia um homem, cansado da vida de casado, disse que ia na esquina comprar cigarros e desapareceu.

Ficou dez anos sumido.

De repente, reapareceu. Bateu na porta, a esposa abriu, e lá estava ele. Dez anos mais velho, quieto, sem dizer uma palavra.
A mulher despejou sua revolta em cima dele:

- Seu isso! Seu aquilo! Então você diz que vai na esquina comprar cigarro e desaparece? Me abandona, abandona as crianças, fica dez anos sem dar notícia, me faz criar as crianças sozinha e ainda tem o desplante, a cara de pau, o acinte, a coragem de reaparecer deste jeito? Pois você vai me pagar. Fique sabendo que você vai ouvir poucas e boas. Essa eu não vou lhe perdoar nunca. Está ouvindo? Nunca! Entre, mas prepare-se para...

Nisso, o homem, dando um tapa na testa, disse:
- Putz! Esqueci os fósforos! Já volto !



By Leonardo.

Sim! Se pode!



Por email, da Marília.