28 setembro 2007

Livro Geográfico de escolas nos EUA.

Image Hosted by ImageShack.us


(Tradução)

"Uma introdução à Geografia.

...em uma seção ao norte da América do Sul, uma extensão de terra com mais de 3.000 milhas quadradas.


3.5-5 - A PRIMEIRA RESERVA INTERNACIONAL DA FLORESTA AMAZÔNICA

“Desde meados dos anos 80 a mais importante floresta do mundo passou a ser responsabilidade dos Estados Unidos e das Nações Unidas. É chamada PRINFA (A PRIMEIRA RESERVA INTERNACIONAL DA FLORESTA AMAZÔNICA), e sua fundação se deu pelo fato de a Amazônia estar localizada na América do Sul, uma das regiões mais pobres do mundo e cercada por países irresponsáveis, cruéis e autoritários. Fazia parte de oito países diferentes e estranhos, os quais, em sua maioria, são reinos da violência, do tráfego de drogas, da ignorância, e de um povo sem inteligência e primitivo. A criação da PRINFA foi apoiada por todas as nações do G-23 e foi realmente uma missão especial para nosso país e um presente para o mundo todo visto que a posse destas terras tão valiosas nas mãos de povos e países tão primitivos condenariam os pulmões do mundo ao desaparecimento e à total destruição em poucos anos.”

(Texto à direita da borboleta)

“Podemos considerar que esta área tem a maior biodiversidade do planeta, com uma grande quantidade de espécimes de todos os tipos de animais e vegetais. O valor desta área é incalculável, mas o planeta pode estar certo de que os Estados Unidos não permitirão que estes países Latino Americanos explorem e destruam esta verdadeira propriedade de toda a humanidade. PRINFA é como um parque internacional, com severas regras para exploração.”


(Opinião constante do e-mail)

"Para ficar indignado!

No dia 24/5/(?) o jornal "Estadão” publicou sem destaque nenhum, e em três minúsculas linhas, a denúncia gravíssima de uma brasileira residente nos EUA.

“Os livros de geografia de lá, estão mostrando o mapa do Brasil amputado, sem o Amazonas e o Pantanal. Eles estão ensinando nas escolas, que estas áreas são internacionais, ou seja, em outras palavras, eles estão preparando a opinião pública deles, para dentro de alguns anos se apoderarem de nosso território com legitimidade. Nós somos brasileiros e, no mínimo, temos de nos indignar com esta afronta. Vamos passar este e-mail para o maior número de pessoas que conhecermos, e para que eles saibam que, embora eles não noticiem o fato, nós, povo, estamos sabendo.”

Celso Santos
Editora Abril S/A
Revista Casa Claudia
Fone: 11 3037-5925
Fax: 11 3037-5277
e-mail: cesantos@abril.com.br

Av. Brigadeiro Faria Lima, 674 – Cep 05426-200 – São Paulo – SP – Brasil .
Fone: (011) 3814-1244
Fax:(011) 3814-1663
E-mail: globaltours@terra.com.br
www.globaltours.com.br

Srs. já mandei para vários Senadores da República esta denúncia com o texto abaixo e a foto da página de um livro "didático" mostrando que somos menos do que ratos...
Divulguem e cobrem dos Ministros, Presidente, Senadores para que tomem alguma atitude.
Para ter acesso aos nossos senadores, acessem o site www.senado.gov.br/web/senador/senanome.cfm e você terá acesso a todos eles. Mandei para mais de 15. Se todos agirmos desta forma eles talvez façam algo, pois seremos vários a fazer isso.
O texto enviado é o seguinte:

Senador Maguito Vilela,
Houve quem duvidasse de que nos Estados Unidos havia mapas do Brasil sem a Amazônia. Pois vejam a página deste livro, no anexo, onde a Amazônia é dita como da responsabilidade dos Estados Unidos e das Nações Unidas, pois ela está localizada na "... América do Sul, uma das regiões mais pobres do mundo", é parte de "... oito países diferentes e "estranhos”... irresponsáveis, cruéis e autoritários...", povos cruéis, tráfico de drogas, e o “... povo é inculto, ignorante"...", podendo..." causar a morte do mundo todo dentro de poucos anos..."".
É só conferir na página 76 do livro DIDÁTICO norte-americano "Introdução à Geografia", do autor David Norman, utilizado na Junior HIGHSCHOOL (equivalente à 6ª série do 1º grau brasileira) anexo a esta.

Isso explica a "Operação Colômbia", as tropas americanas (80 mil) homens! No Suriname, a apropriação da base aérea (da FAB) de lançamentos de Alcântara, a intenção dos Estados Unidos de colocar um escritório da CIA na tríplice fronteira (Foz do Iguaçu), e a implementação de DUAS bases militares na Argentina, uma na Patagônia e outra próxima a Buenos Aires. Ou seja, a Amazônia está CERCADA, sitiada por forças americanas, que garantirão a posse da região a qualquer hora dessas. Essa notícia eu havia escutado há mais ou menos 8 anos atrás, em uma palestra, proferida pelo professor J.W. Batista Vidal, da Universidade de Brasília e Universidade Federal da Bahia.
Como já foi mostrado (ou justificado?) que a "guerra" contra Osama Bin Laden (de quem não se tem a MÍNIMA prova de que tenha realizado os ataques de 11 de setembro) e o Talibã é muito mais uma questão de passar um oleoduto pelo Afeganistão (para tirar o petróleo russo do Mar Cáspio), que o Talibã não concordava, é de uma clareza solar os motivos dos Estados Unidos na sua pretensão de "pacificar" a América do Sul, e de "combater" o narcotráfico na Colômbia, enviando para lá imenso arsenal e 100 MIL homens!
Vamos ficar de braços cruzados e boca calada? Ou vamos reagir?
Dos parlamentares, esperamos AÇÃO IMEDIATA.
Dos cidadãos, que REPASSEM esta notícia a todos os seus conhecidos!
Dos jornalistas, que DIVULGUEM este absurdo, para que a Nação se levante contra essa violência inominável!

Fiquem em Paz.
Plínio Robson A. Panse."

(Minha opinião)

É claro que devemos nos indignar com a petulância de outros com a apropriação indébita de parte de nosso território. Seria inadmissível que alguém estranho ao seu lar dissesse que um dos cômodos de sua casa é território livre pra qualquer um usar e abusar; mas, salvo alguns exageros na referência ao povo que habita os paises da América do Sul, sou forçado a concordar que somos ignorantes ainda no que se refere a cuidados com nossas coisas e, principalmente, com o meio ambiente. Salvo raríssimas exceções, somos ainda um povo egoísta e desligado, não fossemos assim e "os outros" não se imiscuiriam em 'nossos' interesses.

Há cerca de uns 20 anos que ouço dizer que o Amazonas é território americano (EUA) e que isto consta de seus livros didáticos. Temos políticos que estudaram e se formaram lá, vocês acham que eles já não sabem disso? Sem contar a quantidade de baba-ovo deles que temos por aqui. Os EUA tiveram que comprar o Alaska da Rússia, pagando uma fortuna por aquele território na época (1867), será que eles já não compraram, por baixo dos panos, aquele 'nosso' território?

"The answer, my friend, is blowin' in the wind." (Opa! desculpe, eu traduzo: A resposta, meu amigo, o vento leva).




Por email, da Maçã.

27 setembro 2007

Homem do meu tempo.

Nos meus últimos dias em Sampa, antes de vir pra BH, estava tomando uma saideira no Bar do Anailton quando ouvi pela primeira vez essa música. Não faz meu gênero, mas ela é muito bonita.



(Ela é bem a minha cara).

26 setembro 2007

Complementando:

"Os homens são o que suas mães fizeram deles."


Ralph W. Emerson











(Do Léo, também, claro.)

O lado escuro da lua.

Uma psicóloga que assistiu o filme Cazuza escreveu o seguinte texto:

"Fui ver o filme Cazuza há alguns dias e me deparei com uma coisa estarrecedora. As pessoas estão cultivando ídolos errados. Como podemos cultivar um ídolo como Cazuza? Concordo que suas letras são muito tocantes, mas reverenciar um marginal como ele, é, no mínimo, inadmissível. Marginal, sim, pois Cazuza foi uma pessoa que viveu à margem da sociedade, pelo menos uma sociedade que tentamos construir (ao menos eu) com conceitos de certo e errado. No filme, vi um rapaz mimado, filhinho de papai que nunca precisou trabalhar para conseguir nada, já tinha tudo nas mãos. A mãe vivia para satisfazer as suas vontades e loucuras. O pai preferiu se afastar das suas responsabilidades e deixou a vida correr solta. São esses pais que devemos ter como exemplo?
Cazuza só começou a gravar pois o pai era diretor de uma grande gravadora. Temos vários talentos que não são revelados por falta de oportunidade ou por não terem algum conhecido importante. Cazuza era um traficante, como sua mãe revela no livro, admitiu que ele trouxe drogas da Inglaterra, um verdadeiro criminoso. Concordo com o juiz Siro Darlan quando ele diz que a única diferença entre Cazuza e Fernandinho Beira-Mar é que um nasceu na zona sul e outro não. Fiquei horrorizada com o culto que fizeram a esse rapaz, principalmente por minha filha adolescente ter visto o filme. Precisei conversar muito para que ela não começasse a pensar que usar drogas, participar de bacanais, beber até cair e outras coisas fossem certas, já que foi isso que o filme mostrou. Por que não são feitos filmes de pessoas realmente importantes que tenham algo de bom para essa juventude já tão transviada? Será que ser correto não dá Ibope, não rende bilheteria? Como no comercial da Fiat, precisamos rever nossos conceitos, só assim teremos um mundo melhor. Devo lembrar aos pais que a morte de Cazuza foi consequência da educação errônea a que foi submetido. Será que Cazuza teria morrido do mesmo jeito se tivesse tido pais que dissesem NÃO quando necessário? Lembrem-se, dizer NÃO é a prova mais difícil de amor. Não deixem seus filhos à revelia para que não precisem se arrepender mais tarde. A principal função dos pais é educar. Não se preocupem em ser amigo de seus filhos. Eduque-os e mais tarde eles verão que você foi a pessoa que mais os amou e foi, é, e sempre será, o seu melhor amigo, pois amigo não diz SIM sempre."

Karla Christine - Psicóloga



Copiei literalmente do excelente Léo.

25 setembro 2007

Adoro xadrez...

Image Hosted by ImageShack.us
...mas não consigo terminar o jogo, não sei porquê!

Mó comédia, mano.



Vi aqui.

O caçador de pipas.

O filme O Caçador de Pipas está causando constrangimento para a família do garoto de 12 anos que faz o papel de Hassan. A família do menino afegão teme ser agredida por causa da cena em que o garoto é molestado. A família quer que a sequência seja cortada. Os produtores dizem estar surpresos com o desconforto do pai em relação à cena.
O filme, baseado no livro de mesmo nome do autor afegão-americano Khaled Hosseini, deve ser lançado nos EUA no final de novembro
.

Num país onde os professores ganham 70 dólares por mês o cachê pago ao menino, de 10 mil dólares, é significativo. A família diz que só soube que haveria uma cena de estupro poucos dias antes do início das filmagens.



Vi aqui.

24 setembro 2007

Fim de semana no sítio.

Image Hosted by ImageShack.us

Eu, dando um caldo no Lucca.



Image Hosted by ImageShack.us

Giuliano podando.

Advogados!!

Logo que o advogado abriu a porta de seu BMW zerinho, um caminhão passou e arrancou-a fora. Imediatamente discou 190 do seu celular e, pouco tempo depois, chegou um policial.
Antes que o policial falasse qualquer coisa, o advogado começou a gritar histericamente "que o BMW estava totalmente arruinado e que nunca mais seria o mesmo; por conta disso iria processar o motorista, Deus e o mundo, fazer e acontecer, pois afinal era doutor, etc".
Quando o advogado finalmente se acalmou, o policial agitou a cabeça perplexo e disse:

- Agora posso constatar no quão materialistas os advogados são. Vocês são tão focados nas próprias posses que nem notam mais nada.

- Como o senhor pode dizer tal coisa? O senhor tem noção do valor de um BMW?

O policial respondeu:
- O Sr. já percebeu que perdeu o braço esquerdo? Está lhe faltando do cotovelo para baixo. Ele deve ter sido arrancado junto com a porta do seu carro.

- Putaqueopariu! - grita o advogado - Cadê meu Rolex?




Por email, da Diévoly.