29 maio 2007

Fraquinha, mas desopila.


Um passageiro senta-se junto a um Testemunha de Jeová, em um determinado vôo.

Quando o avião decola, as aeromoças começam a distribuir bebidas. Ao chegarem junto daquele passageiro, ele lhes pede uma cuba-libre.


A aeromoça, então, pergunta ao TJ que bebida ele gostaria de tomar e ele responde, malcriado:

-Prefiro ser raptado e violado selvagemente por uma dezena de putas da Babilônia antes que uma gota de álcool toque meus lábios.

O passageiro devolve rapidamente sua cuba-libre, dizendo:

-Eu também. Não sabia que se podia escolher.
Por email, da Diévoly

2 comentários:

Carla disse...

Não foi uma Brastemp, né, Tchongão, mas deu pra mexer os músculos da face.
Vamos à caipivodka, pois.

Cacá BH disse...

kkkkkkk
adorei....
o passageiro desavisado eh o melhor...
beijs