17 abril 2007

É por aí...mais ou menos...não acham?


Todo o mundo está falando e ninguém diz uma palavra
Todo o mundo faz amor e ninguém realmente se preocupa
Há nazistas no banheiro debaixo dos degraus
Sempre há algo acontecendo e nada acontece
Sempre há algo cozinhando e nada na panela
Eles estão famintos lá na China(e/ou) então termine o que você tem
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Dias realmente estranhos, dias realmente estranhos

Todos estão correndo e ninguém faz um movimento
Todos são vencedores e não há mais nada para perder
Há um pequeno ídolo amarelo ao norte de Katmandu
Todos estão voando e ninguém deixa o chão
Todos estão chorando e ninguém faz um som
Há um lugar para nós nos filmes você só precisa se deitar por aí

Ninguém me falou que haveria dias como estes
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Dias realmente estranhos--mais estranho, mamãe

Tods estão fumando e ninguém está se sentindo no céu
Tods estão voando e nunca tocam o céu
Há um ÓVNI em cima de Nova Iorque e não estou muito surpreendido

Ninguém me falou que haveria dias como estes
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Ninguém me falou que haveria dias como estes
Dias realmente estranhos--mais estranho, mamãe

Um comentário:

Carla disse...

Infelizmente, tenho que concordar. Todos querendo tudo e, ao mesmo tempo, não tendo nada.
A solução? Caminhos abertos, sempre.
Mas o difícil é querer procurar o caminho.
Bjo.