25 agosto 2006

Só lembrando.

É NESTE SÁBADO, 26 DE AGOSTO DE 2.006, TÁ?

Utilidade pública

Transcrevo abaixo, literalmente, a postagem maravilhosa, quiça humanitária, de meu amigo Amadeo Bocatio da Festim.Net. Homem consciencioso e amoroso que preserva a vida acima de tudo.

"Para evitar os acidentes causados por excessos de álcool em festas e nos finais de semana, a Festim.Net inicia uma campanha para incentivar que só se permita beber 1 (um) copo de cerveja por dia, em reuniões de amigos.
Entre nessa campanha tb, para o bem de todos.
Para maiores informações, clique AQUI..."

Deus seja louvado, irmão. Aleluia.

Sutilmente.


O que os signos 'dizem' depois de transar.

Áries: "Legal, vamos de novo!"
Touro: "Estou com fome - passe a pizza."
Gêmeos: "Você viu o controle remoto?"
Cancer: "Quando vamos nos casar?"
Leão: "Não foi incrivelmente fantástico?
Virgem: "Preciso lavar os lençóis."
Libra: "Eu gostei se você tambem gostou."
Escorpião: "Talvez eu deva desamarrar você agora."
Sagitário: "Nao me ligue - Eu ligo pra você."
Capricórnio: "Você tem cartão de visitas?"
Aquário: "Agora vamos tentar sem roupas."
Peixes: "Como você disse que era o seu nome mesmo ?"

24 agosto 2006

Bom! Sabia que esse negócio iria passar por aqui, mais cedo ou mais tarde.
Alguém etiquetou alguém que passou pra alguém e a coisa foi se afunilando de tal forma que poucos restaram pra passar pra frente essa corrente. Se a coisa é inevitável, então relaxo e gozo. (Sabia até quem me passaria. Hehehe).



1 - Corinthiano
2 - Alegre
3 - Brincalhão
4 - humano
5 - Romântico (em demasia)
6 - Sincero (de magoar, até).

E se eu não chegar atrasado, ai vai a sequência:

1 - Shirleyrox
2 - Fabiana
3 - Clau
4 - Your Soul
5 - Junior
6 - Giovanni

P.S.: Beijos.

22 agosto 2006

Indignação!!


Hoje é o dia em que uma parcela da população virtual se une para manifestar a indignação com tudo o que acontece de ruim, no Brasil e no mundo.

Indignação ao ver que gente como a gente, seres humanos dotados de inteligência, usam de um poder dado por seus iguais para decisões que contrariam o interesse e a vontade desses iguais. Quem ler logo pensará em políticos, que obviamente se enquadram nessa análise; mas além deles estão, também, os que buscam interesses econômicos, que usam de seu dinheiro para conseguir mais dinheiro, em detrimento da coisa mais valiosa que todos possuímos: a vida. Afinal o que é a vida de milhares, milhões de pessoas diante da possibilidade de ganhos monetários que satisfaçam a vontade gananciosa de alguns?

E você sabe quem alimenta tudo isso? Nós, através de nossos votos, dados, em sua maioria, por completa ignorância ou por interesses egoístas.

Traficantes de drogas existiriam se não houvesse consumidores? Corruptos existiriam se não houvesse corruptores? Bandidos, esses e outros, com poder superior ao nosso voto de confiança em alguém que escolhemos para solucionar, pelo menos em parte, nossos problemas.

Políticos elegemos. Bandidos, não. Entretanto, ambos só existem em conseqüência de nossa escolha.

Diz a música que “tem que pagar pra nascer, ...pra viver, ...pra morrer” e podemos afirmar, com toda a certeza, que pra nascer e morrer pagamos apenas uma vez, mas pra viver pagamos tudo em dobro ou, até, triplo, senão vejamos: Saúde, estradas, educação, carro, combustível, telefone, água, esgoto, etc. É bi-tributação, tri-tributação...(Vamos chegar ao penta, assim), sem contar impostos ‘provisórios’ criados para uma finalidade e que são usados sabe-se lá Deus onde, e permanecem ainda, firmes e fortes.

Violência? Muitos não sabem siquer em quem votaram e, pior, se sabem não cobram!

Não culpemos outros pelos nossos erros. Se erramos, assumimos. Se assumimos, cobramos. Os políticos somos nós. Aqueles em que votamos são nossos funcionários, e quando um funcionário não executa seu trabalho a contento, tem que ser cobrado.

Já enviei e-mails para o Lula(aquele), para o José Eduardo Cardoso (D.F.) e para o Suplicy (Sen.), votei nos três. Se fiz diferença não sei, mas fiz minha parte, expus minha indignação com tudo o que vi de errado desde a eleição de 2.002.

Já enviei e-mail ao Congresso, protestando contra a simples cassação de ‘parlamentares’ acusados de desvio de verbas públicas e com o fato de eles poderem até se reeleger. Propus que saíssem de lá direto para a cadeia, afinal o sujeito rouba milhões, ‘devolve milhares’ e vive bem pro resto da vida, ás nossas custas! Incluí, também, os que renunciam antes, já que a renúncia é uma expressa confissão de culpa.

Há poucos dias nos manifestamos contra a invasão de Israel no Líbano e demos, com isso, força de argumentação à ONU para um cessar-fogo e uma intervenção pacífica.

Se uma andorinha pode fazer um veranico, um bando delas fará um calor infernal e um barulho ensurdecedor.

Essa é a indignação que deve prevalecer em todos nós. Não contra o voto dito errado, já que nunca saberemos antes quem é o político bom ou ruim, mas contra a falta de cobrança.

Reféns? Sim. De nós mesmos.
Terça-feira, 22 de Agosto de 2.006



20 agosto 2006

Os 3 macacos

Image Hosted by ImageShack.us

"Durante suas viagens por toda a Índia, Gandhi sempre teve uma bagagem muito simples: uma sacola com lápis, papel, agulha e linha, uma tigela de barro, uma colher de madeira e uma roca. Levava também uma estatueta representando Os Três Macacos Sábios: um com as mãos sobre os olhos, o outro com as mãos sobre a boca e o terceiro com as mãos sobre os ouvidos, para lembrá-lo dos três segredos da Sabedoria:


Não ouça o mal,
Não veja o mal,
Não fale o mal."

Pois bem, blogueiros e blogueiras, a sabedoria transmitida por Gandhi funcionou bem numa índia dominada. Iniciou ele uma revolução pacífica, cumprindo os ideais divinos de 'oferecer a outra face'. Livrou seu país do jugo externo, e isso jamais um ser humano deve esquecer. Mas convenhamos que a filosofia transmitida pelos 3 macacos não implica EM OMISSÃO diante de atos que ferem uma nação e um povo. Isso não significa, de forma alguma, fazer-se de SURDO de CEGO ou MUDO diante de tudo que ouvimos e vemos, todos os dias, publicados na mídia e nos calamos, reclamando apenas às pessoas mais próximas, como se isso pudesse resolver a situação. A Laura, do Caminhar deu idéia de uma campanha para que nos manifestemos coletivamente no próximo dia 22 de agosto, terça-feira, contra tudo de ruim que ouvimos, vemos e, até agora, calamos.
Manifeste-se, nesse dia, em seu blog, site, etc; contra a corrupção, violência, medo, indiferença e hipocrisia de autoridades. Aqui no Brasil e no mundo. Dê vasão à indignação, esqueça por um dia seus problemas particulares e pense no futuro, nosso, de nossos filhos e netos. Como eu disse num post anterior: será um pequeno passo para nós, mas um enorme passo para todo o mundo.
Que seja como uma oração conjunta.

"O que mais preocupa não é nem o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons. "
(Martin Luther King).